Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O MAR ASUME

por MANUEL COUTO, em 04.05.07

 

O MAR ASSUME

O mar assume o mundo inteiro
O barco enterrado nele
O Sol que nele bate...

Assume o combate
A minha pele e a sua
O meu e o seu marinheiro...

O mar assume a cor mais clara
A grande fala e o tempo negro...

Assume a espuma loira
O mistério que entesoura
As ondas no ondular ébrio...

O mar assume o náufrago perdulário
A dor do inesquecível
As horas sem horário...

Assume o vento que nos arvora
As quebras do vai e vem inflexível
O passado, o futuro e o agora...

O mar assume a praia coberta de dunas
O porto onde o mercado agita
As gueixas vestidas de plumas...

Assume o azul do céu nascente
O pássaro que voa em frente
O próprio abismo onde habita...

O mar só não assume
Quem tira a cor de suas vestes verdes
Quem arrisca assumi-lo como proprietário
Quem nele atira o óleo de cor escura

Só não assume
O Homem vestido de paredes
Que deposita lixo atômico temerário
Em suas águas perfumadas de brandura...

Gigio Jr (Poemas da Juventude - 1985)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

NOITE CLARA

por MANUEL COUTO, em 04.05.07

 

NOITE CLARA

Noite Clara
Com aventura
Com jeito de lua
Contente
Com mania de gente
Com luz

- Porque estás alegre?
Tens alegria; és estrela?
Onde deixaste
A tão calada
Tão sugerida
Ignomia?

- “Talvez eu entenda
Ser um poema”
Canta a noite
Na minha Portela

Cheia de medo
Sem nenhuma magia
Falou-me rindo
- “Cantas também
Alegrias?”

Gigio Jr (Poemas da Juventude -1988)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

SE A VIDA FOSSE UM SONHO

por MANUEL COUTO, em 04.05.07

 

Se a vida fosse um sonho
Meu desejo seria jamais acordar
Fazer das dores
Pequenos detalhes;
Detalhes que não destroem esse lindo sonho...
Onde viajo em pensamentos
E busco grandes razões.
Os desencontros
Seriam as pontes que me
Conduziriam para realização
De meus desejos.
Esse sonho
Seria repleto de sorrisos
E as lágrimas seriam desconhecidas.
As estrelas iluminariam
Minha existência
E com seu brilho me banharia
De esperança e amor.
Se a vida fosse um sonho
Os pesadelos não mais existiriam
E a esperança sobreviveria ao tempo...
Mas a vida não é formada por sonhos...
Sonhar é esquecer os pesadelos reais.
Sonhar é acreditar em um mundo perfeito;
Se a Vida fosse um Sonho.




Fabiana Thais Oliveira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

MINHA CASINHA

por MANUEL COUTO, em 02.05.07

 

MINHA CASINHA - 1

By Celinhabianca – com 12 anos de idade


Na casinha do meu coração
Não é proibido entrar ninguém
Ao contrário, quando vazia
Ela chora a companhia de alguém.


Na minha casa também
Tem felicidade e alegria
E tudo isto é constante
Porque Deus é meu acompanhante.


E quando na minha casa
Sinto desprezo e solidão
Penso sempre que sou feliz
E me lembro do meu irmão
Que chora uma migalha de pão.

E finalmente pra acabar
Moro longe pra danar
Mas isto não é importante,
Pois perto de Deus eu moro
E é isto que me torna confiante!

Célia Ambrósio Pereira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:12

SEDUÇÃO

por MANUEL COUTO, em 02.05.07

 

SEDUÇÃO

Tu queres que eu te abrace e que eu te beije;
E que eu te afague e que eu te acaricie;
Porém por mais que, louco, eu te deseje,
Teu querer faz com que eu me distancie...

Tu queres que eu te olhe fundo e aprecie
Teus dotes de mulher e murmureje
Seduções que, no poema, eu silencie
A quem arrisque tê-la, ou a quem almeje...

Tu queres... então deixa que eu te tenha,
Nos íntimos segredos de uma cama;
E sentirás por quem meu amor se ostenta...

Porque se tu me queres assim ...venha
Saciar-te, à paixão que me embalsama,
Nas pulsões de um amor que se apresenta...

Gigio Jr (Novos Poemas - 2007)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:08

CAMINHAR COM AMOR

por MANUEL COUTO, em 02.05.07

 

Caminhar com Amor

É perdoar e sempre perdoar, para o ódio sempre afastar.

Não ficar remoendo sentimentos de mágoa, opressão e injustiça.

Afinal, amor também é sentimento e como diz a lei da física,
dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço.

O amor é grande demais e com estas emoções o amor não tem espaço.

Quanto à mágoa, à opressão e à injustiça,
tudo na vida ocorre por um propósito e em Deus devemos confiar.

Mas que estes dizeres não sirvam de desculpa de alguém para saracotear outro.

A dor devemos nos livrar e não carregá-la conosco.

Devemos nos limpar de emoções ruins
e assim nos livramos de estados de espírito ruins.
Assim estaremos bem e podemos encontrar o paraíso que existe dentro de nós.

E elevar o amor não somente ao seres humanos, mas aos animais,
aos insetos, às plantas, aos átomos, às moléculas, às estrelas,
aos planetas, à tudo mais que existe de bom e ao Criador de tudo isso.

Certas coisas não se amam, como o ódio, a luxúria, a ignorância de si mesmo,
a ignorância sobre os demais, a soberba, o orgulho,
a vontade de dominar os outros e etc.
Porém, por mais que uma pessoa seja cruel, assassina,
só pense em fazer coisas ruins com as pessoas, elas ainda tem algo de bom,
que foi o que Deus criou.

Claro que tudo isso não é fácil, talvez seja impossível de inicio,
mas tudo posto em prática se desenvolve.
Precisamos ver o que estamos fazendo, que está dando certo e o que não está,
acreditar em nós mesmos, na força máxima do amor e ter paciência.

Obs. É necessário reconhecer ou assumir os sentimentos negativos
para depois transformá-los (perdoar).

Publicação cedida e autorizada pelo autor Ricardo Chioro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:05

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D