Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Descobrí

por MANUEL COUTO, em 05.12.07

Descobrí que TE AMO naquele momento
em que a tristeza me bateu forte e me deixou sem saída.
Descobrí que TE AMO na ausência
de tudo que não tivemos, e de tudo que não realizamos.
Descobrí que TE AMO, nas tantas coisas
que eu queria dizer, mas que você não estava presente para ouvir.
Descobrí que TE AMO, nas angústias da
sua ausência, nos ciúmes incontidos, nas frases disfarçadas pelo riso.
E assim, descobrí que TE AMO e TE QUERO acima de qualquer coisa.
Acima do certo e do errado, da coerência ou não.
TE QUERO apenas, e isso é TUDO para mim!

 (AD)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D